quarta-feira, 31 de março de 2010

GOLDEN BBB


Enfim, acabou o BBB!!!

Honestamente, eu já não aguentava mais!!! Muitas vezes eu assisti o programa, só para me atualizar e não ficar muda nas conversas com amigos. Se errei, não sei.

Para mim, todos os participantes eram novos, pois não vi os programas em que participaram Josy e Dourado. Nem sabia que eles existiam. Também desconhecia a vida pregressa de Marcelo Dourado.

Gostei dele. Como diz minha Xará, eu tenho o péssimo hábito de gostar de homens rudes, que só se preocupam com o próprio umbigo! Neste caso, não foi o homem que me chamou a atenção, mas sim, a trajetória dele no progama.

Assim como eu, ele não gostava de fofoquinhas, falava o que pensava, era impulsivo (e em razão disto, falou muita besteira), foi amado e, acima de tudo, odiado.

Não estou aqui para exaltar Marcelo Dourado (até porque, se fizer isto, alguns amigos sequer passarão pelo Echo). O que pretendo é analisar o resultado!

E Marcelo Dourado venceu simplesmente porque não tinha oponente! O programa inteiro girou em volta dele, sem que ele mesmo soubesse. E isso é facilmente perceptível pela simples análise dos comentários no twitter.

Eu assisti, de camarote, duas torcidas se degladiando: a torcida a favor e a contra o Dourado!

Nenhum outro participante se destacou a este ponto. A campanha para votação na Fernanda, não tinha o objetivo de exaltar as qualidades de Fernanda, tornando-a merecedora do prêmio, mas sim, tentar fazer com que Dourado perdesse.

Ou seja, bem ou mal, Dourado era o centro das atenções. Amando ou odiando, era sobre ele que as pessoas falam. "Falem mal, mas falem de mim"!! "Nunca, na história do BBBrasil", um participante foi tão amado e tão odiado ao mesmo tempo.

Isso, por si só, fez Dourado ser merecedor do prêmio. Carregar toda essa energia (boa e ruim) com tanta intensidade, não vai ser fácil, daqui pra frente!

O que ele fará com o dinheiro? Não me interessa! Espero que todos sejam felizes... que se assumam (os que ainda estão escondidos atrás da bunda da suposta namoradinha), que se conheçam, que se amem ou que se odeiem. Para mim, não faz a menor diferença.

Percebam que eu não estou vangloriando as qualidades de Dourado (sim, todo o ser humano tem qualidades, até você que está lendo e me xingando neste exato momento). Simplesmente exponho uma tese: a torcida anti-dourado não soube jogar: ficou dividida, não se uniu, não teve o seu eleito e, por isso, Dourado ganhou.

Deve ser difícil saber que o seu oponente ganhou não por ser melhor, mas porque você não soube jogar, né? Como cantava Elis Regina.. "vivendo e aprendendo a jogar".

Sejam todos muito felizes e, espero, do fundo do meu coração, que o Pedro Bial aproveite o período de descanso, pós BBB, para fazer um tratamento psicológico intenso, pois ele está cada dia mais sem noção, totalmente gagá, coitado!!!

Beijos,

Aninha

terça-feira, 30 de março de 2010

FINALMENTE ME PRONUNCIANDO SOBRE O BBB10

Acaba hoje!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!
Já não aguentava mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Como é chaaaaaaaaato ficar no meio de alguma coisa baseada em nada mais do que paixão sem estar envolvida...
Ficou parecendo Campeonato Brasileiro 2 - O Retorno Antecipado.
Meu Deus!!!
Que povo insuportável!!!!
Foi o Dourado que piorou ou fui eu que melhorei??
Seis anos atrás ele era muito mais palatável...
Não que o resto fosse lá essas coisas...
Povo reclamildo, chorão, criador de caso.
Nem no Bial achei graça...
Não consegui acompanhar um discurso de eliminação.
Não dei nenhum suspiro, nada...
E fui elegante, né?
Li todas as twitadas da Martinha e da Isa sem reclamar...
Não disse nenhum palavrãozinho sequer quando me conclamavam a votar...
E hoje posso declarar oficialmente: estou curada de reality shows!!!!
Não, não cuspo no prato que comi.
Foi bom enquanto durou. Era divertido.
E foi o BBB que me pôs no mundo dos blogs e esse mundo me levou a pessoas imprescindíveis e nunca vou deixar de ser grata por isso.
Então...

Salve, salve o Big Brother Brasil!



Beijos

Ana Mineira


segunda-feira, 29 de março de 2010

JUSTIÇA NO INFERNO!!!




"Lula tem uma crise cardíaca e morre!


Claro que ele aparece no Inferno, onde o Diabo o aguardava.

O diabo diz a ele:

- Nem sei o que fazer com você.

Evidente que você está na minha lista, porém não tenho mais lugar livre! Depois de refletir por alguns minutos ele diz:

- Já sei o que vou fazer: tenho aqui três pessoas que não são tão ruins quanto você. Vou mandar uma delas pro Purgatório e você deverá ficar no lugar dela. Até vou lhe fazer um favor, você poderá escolher quem você deve substituir!

Lula acha até que a proposta não está tão ruim quanto ele esperava e concorda.

O diabo abre a primeira porta.


Lá dentro está o Collor numa piscina na qual ele nada sem parar, mas quando se aproxima da borda, a borda recua e Collor continua a nadar, nadar e nadar...

- Não, diz Lula. Sinto que não vou me dar bem: sou mau nadador e acho que não conseguiria fazer isso o dia todo!

O Diabo o leva ao segundo compartimento.


José Dirceu está lá, com uma marreta enorme quebrando pedaços de uma pedra gigante.

- Não, diz Lula. Tenho um tremendo problema nos ombros e seria uma agonia perpétua se eu tivesse que quebrar pedras o tempo todo...!

O Diabo abre a terceira porta.


Lá dentro está Renan Calheiros deitado numa cama com pés e mãos amarrados. Debruçada sobre ele, Mônica Veloso faz o que ela melhor sabe fazer na VIDA: sexo oral!

Lula olha para aquela cena incrível durante um momento e diz:

- OK, fico com esse castigo!

O Diabo sorri e diz:

- OK, Mônica, pode ir para o Purgatório!"


Beijos e boa "semana santa",

Aninha

obs.: E nem adianta me xingar, no Echo, caso vc goste do Lula e do PT, ok??? rs

domingo, 28 de março de 2010

SINCERIDADE??


Nos últimos tempos tenho me deparado várias vezes com uma questão aparentemente simples a meu respeito:
A sinceridade.
Pra ser sincera... eu nem sabia que era tão sincera...
É mais ou menos como a questão das músicas:
Até muito pouco tempo atrás eu achava que era absolutamente normal ficar decorando toda letra que aparecia pela frente. Sempre tive uma curiosidade incontrolável pra saber o que as músicas diziam e uma enorme vontade de aprender pra cantar, pra acompanhar...
E eu pensava que todo mundo era assim. (Juro!!!)
Depois comecei a achar que era por saber inglês. Até que um dia, conversando do assunto com amigos, todos professores de idioma,
um deles disse meio irritado:
"Cara!!! É impressionante o tanto de letra que ela sabe!" e os outros concordaram em coro. Eu fiquei chocada pensando: "Como assim?!"
Quando escrevi o post Família Escolhida mandei o link pro meu pai ler
e ele mandou uma reposta por email:
"O texto não está piegas. Está sincero e direto como você sempre foi."
Fiquei chocada pensando: "Como assim?!"
Eu enxergava desse jeito: Todas as vezes que as pessoas precisavam ver as coisas mais claras e simplificadas elas diziam o que realmente estavam sentindo e... voilá!!!
Descobri que não. E que nem é por falta de honestidade. A maioria das pessoas simplesmente não acredita que a verdade verdadeira seja muito produtiva. Pelo contrário, pensam que quando ela (a verdade) aparece de peruca e óculos escuros causa muito menos tumulto.
Tenho me esforçado nesse sentido... Minha língua tá toda mordida...
(Juro!!!) Fico fazendo de conta que não vi, que não entendi, esperando acessos de realidade alheios. Só que, quando confrontados com as minhas respostas vagas e escapadelas, eles insistem em me olhar e pedir: fala a verdade! E aí???? É pra eu continuar?? É pra eu confessar???
Por mais clichê que possa parecer, sempre achei que a verdade liberta mesmo. Sim, porque uma vez que ela é dita, não há mais nada a se fazer... E aí vão-se embora as amarras. Cada um escolhe uma posição e pronto. E, sinceramente, não consigo ver o mal disso. Pode precipitar desfechos, situações? Sim. Mas coisas que já estavam fermentando ali no escuro, caladas... e que de um jeito ou de outro iam acabar acontecendo. Recentemente fui "acusada" de ser "a pessoa mais realista" que já conheceram... Choque... de novo... Como assim?! Nada menos realista do que pensar que quando as pessoas pedem sinceridade, elas querem ter... sinceridade.
E fico eu por aí... Meio ornitorrinco de novo... sem saber se digo, se não digo... Sem saber se poupo quando eu minto ou se preservo quando escancaro... Sem saber se quando solto meus pensamentos estou interferindo com o curso natural das coisas ou se estou colocando as coisas no seu devido curso... De qualquer maneira, eu sei e todos em volta de mim sabem, que esse auto controle não dura muito... A verdade mais cedo ou mais tarde acende um fósforo na minha barriga, como personagem de desenho animado que quer ser cuspido de dentro do monstro que o engoliu...
Então, só posso dizer de coração e antecipadamente:
Desculpem a sinceridade...



Beijos

Ana Mineira

sábado, 27 de março de 2010

HOJE É A HORA DO PLANETA

Nunca fui ecochata, mas sempre tive o maior respeito e cuidado com as coisas desse planeta. Acredito piamente que todas as formas de vida devem ser reverenciadas. Acredito que nós, seres racionais, não como donos, mas como fiéis depositários de tudo que existe nesse mundo, temos obrigação de ser sensatos e zelar por ele, para um dia repassá-lo a outros depositários ou no final devolver a Quem é de direito.

A WWF-Brasil é uma organização não-governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. É uma fundação internacional que atua no mundo inteiro com os mesmos propósitos.

Hoje, dia 27 de março, a WWF propõe a HORA DO PLANETA. Uma ato simbólico que acontece em várias partes do mundo desde 2007 e que propõe que de 20:30 às 21:30h (horário de Brasília) as luzes sejam apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais nossa preocupação com o aquecimento globa
l.

O site oficial da campanha para obter mais informações e se cadastrar é www.horadoplaneta.org.br.


O Deboniano apoia a WWF e a HORA DO PLANETA.

Beijos

Ana Mineira




sexta-feira, 26 de março de 2010

DESCULPEM A NOSSA FALHA!!!


Eu estava navegando a procura de um tema para escrever. Nessas horas, a primeira coisa que penso é encontrar uma imagem interessante, para que ela me inspire.

Então, esta foto me chamou a atenção. Uma mulher admirando um coração, que é exatamente o que nós, mulheres, fazemos normalmente: passamos a vida admirando os corações (nosso e dos outros), até que nos encantamos por um e decidimos fazer dois corações virarem um só.

Não tinha a pretensão de escrever nada disso, mas saiu!!! Desculpem a "babação"!!!

O que queria falar é que quando faço essas buscas na internet, nunca tenho o hábito de ler os textos que seguem as imagens. Mas hoje, alguma coisa mais forte me levou a lê-lo. E ele é perfeito, por isso, divido-o com vocês (créditos no final do post, ok?).

"PESSOAS INTERESSANTES TÊM FALHAS

Uma das coisas que nos fascinam na cidade de San Francisco é ela estar localizada sobre a falha de San Andreas, aquela que provoca pequenos abalos sísmicos de vez em quando, e grandes terremotos de tempos em tempos. Você está muito faceiro, caminhando pela cidade, e, de repente, de uma hora para outra, você perde o chão, vê tudo sair do lugar, fica tontinho, tontinho...

É pouco provável que isto vá acontecer justo quando você estiver lá; mas existe a possibilidade, e, embora isso amedronte, ao mesmo tempo excita. Vai dizer que não? Assim também são as pessoas interessantes: TÊM FALHAS. Pessoas perfeitas são como Viena: uma cidade linda, limpa, onde tudo funciona, e você, no entanto, quase morre de tédio.

Pessoas, como cidades, não precisam ser excessivamente bonitas. É fundamental que tenham sinais de expressão no rosto, um nariz com personalidade, um vinco na testa que as caracterize.

Pessoas, como cidades, precisam ser limpas; mas, não ao ponto de não possuírem máculas. É preciso suar na hora do cansaço, é preciso ter um cheiro próprio, uma camiseta velha para dormir, um jeans quase transparente de tanto que foi usado, um batom que escapou dos lábios depois de um beijo, um rímel que borrou um pouquinho quando você chorou.

Pessoas, como cidades, têm que funcionar, mas não podem ser previsíveis. De vez em quando, sem abusar muito da licença, devem ser INSENSATAS, ligeiramente PASSIONAIS, demonstrar um CERTO DESATINO, ir contra alguns prognósticos, COMETER ERROS de julgamento e pedir desculpas depois. Aliás, PEDIR DESCULPAS SEMPRE, para poder ter crédito e errar outra vez.

Pessoas, como cidades, devem dar vontade a outras pessoas de estas as visitarem; devem satisfazer nossa necessidade de viver momentos sublimes; devem ser calorosas; ser generosas e abrir suas portas; devem nos fazer querer voltar, porém não devem nos deixar 100% seguras, nunca: devem provocar uma pequena dose de apreensão e cuidado.

A partir do acima exposto, nunca nos devemos esquecer de que pessoas, assim como cidades, têm RACHADURAS INTERNAS. Portanto, podem surpreender.

Falhas... Agradeça as suas, que é o que lhe HUMANIZA, e nos FASCINA a todos."
 
Beijos,
 
Aninha
 
obs.: texto e imagem encontrados no blog da Cida.


quinta-feira, 25 de março de 2010

REMÉDIOS DA FARMÁCIA IDEAL

Ai, como eu queria poder comprar esses...





SEMANCOL ®
Indicações:
Tratamento da falta de noção em geral. Ótimo para chefes que pedem relatórios e levantamentos enormes 10 minutos antes da gente ir embora, ou na sexta ou na véspera de feriado...

Contra-Indicações:
Não há. Um pouco de Semancol ® provou ser benéfico a quaisquer usuários.

Efeitos colaterais:
Foram relatados alguns casos em que o uso de Semancol ® gera uma forte depressão logo nas primeiras semanas de uso. Normalmente porque o paciente passa a perceber o que fazia/era antes, então surta.



CHÁ DE SUMIÇO ®
Indicações:
Medicamento fitoterápico indicado em caso de incômodos agudos de fonte externa. Um saquinho de Chá de Sumiço é capaz de fazer o paciente desaparecer por completo durante um período de duas a três horas.

Contra-Indicações:
Não endossamos o uso do chá em casos de: perseguição policial, teste de paternidade, casamentos (civil ou religioso), dia de prova de matemática.

Efeitos colaterais:
Após passar o efeito do chá, é comum que o problema externo ainda se mostre presente. Após o consumo do chá e ao fim do seu efeito, alguns pacientes relataram dor de cabeça por conta da chuva de perguntas do tipo 'onde raios você se meteu???'




ESQUECIL ®

Indicações:
Problemas de coração partido, traumas em geral, Copa do Mundo de 2006.

Contra-Indicações:
Pessoas casadas, garçons, gestantes loiras (podem esquecer da gravidez e acabar fazendo uma lipo na barriga).

Efeitos colaterais:
Esquecil apaga completamente a memória recente. Cuidado com a superdosagem! Há casos de usuários de Esquecil® que alegaram intenção de torcer pro Botafogo.




DESGARGALHOL ®

Indicações:
Muito indicado em casos de crises de riso súbitas e inconvenientes, como em velórios, missas, reuniões em que o chefe tem um feijãozinho no dente.

Contra-Indicações:
Para os momentos em que o chefe resolve contar piadinhas sem graça, para pessoas que trabalham como claque, mulatas globeleza e o Bira do Programa do Jô.

Efeitos colaterais:
O uso contínuo endurece as feições, além de tornar a vida bem mais chata.







CTRL+ZOL ®

Indicações:
Gafes e similares. Perfeito naqueles momentos logo após falar uma besteira tão grande que você tem vontade de arrancar sua cabeça, colocar num saco de papel e enterrar no quintal.

Contra-Indicações:
Não indicamos a aplicação do medicamento em promessas políticas, no pôquer e nem durante partidas de futebol.
Efeitos colaterais:
A superdosagem trava o sistema nervoso central, sendo obrigatório o uso do medicamento Ctrl+Alt+Delina ®.




FICABONZIN ®

Indicações:
Criancinhas malcriadas e/ou hiperativas, em qualquer idade. Ficabonzin ® tem em sua fórmula Pesabundil , um composto capaz de criar uma sensação de peso nas nádegas dos pestinhas, mantendo-os sentadinhos no lugar, sem quebrar nada. Contém também antipentelhomicina, que provoca paralisia completa das cordas vocais, impedindo berros e manhas.

Contra-Indicações:
Adultos do sexo masculino, que com o tempo passam a produzir espontaneamente Pesabundil em seu organismo. Se você der Ficabonzin® a um adulto destes, nunca mais o inútil se levanta do sofá.

Efeitos colaterais:
Maridos que usam Ficabonzin ® em suas esposas, com o intuito de calá-las e fazê-las ir menos ao shopping, devem saber que o Pesabundil pesa mesmo, e que depois de certa idade tudo o que muito pesa, cai!

Email mandado pela Clarinha.


Beijos

Ana Mineira



quarta-feira, 24 de março de 2010

PORTO VELHO - RONDÔNIA - BRASIL

Um Ipê Amarelo foi cortado e seu tronco foi transformado em um poste. Após o poste ser fincado na rua, foram instalados os fios da rede elétrica.

Eis que a árvore se rebela contra a maldade humana e resolve não morrer. Mas a reação foi pacífica, bela e cheia de amor. Rebrotou e encheu-se de flores. Assim é a natureza...vencedora !



Recebi a mensagem por e-mail e como é da minha "natureza" dividir coisas boas com meus amigos, resolvi mostrar a vocês!
 
Beijos
 
Aninha

terça-feira, 23 de março de 2010

PARA LENNON E MCCARTNEY

Não sei se já perceberam que sou mineira (eu sei que nem parece, mas juro que sou!)... Daí que estava no domingo na Praça da Liberdade, mais precisamente na Alameda Travessia, onde tinha um show de alguns artistas da terra, principalmente do Milton Nascimento e Lô Borges (outra novidade sobre mim: adoro o Lô!) Tá certo... a festa era do Aécio (aff...), mas eu não sabia. Fui na maior inocência pensando: não vai ter rebolation, nem funk; Quem nessa cidade ainda sai de casa pra ver Clube da Esquina? Eu e uma meia dúzia de gatos pingados... vai ser supertranquilo.

Ledo engano!!! Praça absolutamente lotada. De hippies cinquentões que perderam o trem pra Woodstock? Não. De gente de todas as idades e principalmente de muitos, mas muitos jovens, quase adolescentes que cantavam todas as letras, até de músicas que nem eu conhecia.
E no final a apoteose:



Por que vocês não sabem do lixo ocidental?
Não precisam mais temer
Não precisam da solidão
Todo dia é dia de viver
Por que você não verá meu lado ocidental?
Não precisa medo não
Não precisa da timidez
Todo dia é dia de viver
Eu sou da América do Sul
Eu sei, vocês não vão saber
Mas agora sou cowboy
Sou do ouro, eu sou vocês
Sou do mundo, sou Minas Gerais

Todos aqueles meninos e meninas cantando versos de quase 40 anos e gritando no fim:
Sou do mundo, sou Minas Gerais!
(e dá-lhe vaia para o Senhor Aécio Neves!!)
Tava lindo!

Depois que acabou, a multidão foi se dispersando, os meninos descendo rumo a Savassi (não acredito que exista alguém que não sabe o que é a Savassi... Ai, gente!!! Joga no Google, né??) e eu ia andando junto com,
nas palavras do meu amigo, a "juventude descolada" escutando conversas impagáveis. Como a da mocinha que contava do dia em que queria uma manga dos jardins do Palácio da Liberdade e o guarda de plantão disse pra ela que não podia. "Como não pode??? É público!!! E eu sou do povo, então é meu! E tenta me tirar daqui que eu vou dar um piti!"

Nossa! Saí dali cheia de esperança! Quem sabe essa terra um dia não volte a ser dos sonhadores rebeldes e inconformados? Quem sabe esse país um dia não volte a ter uma juventude de poesias e revoluções?
Quem sabe? Pois, afinal de contas, se me dão licença:
Somos do ouro, somos vocês
Somos do mundo, somos Minas Gerais...

* Tá, admito... texto extremamente bairrista. Ai, pessoal! Me desculpem! Não é culpa minha... São essas montanhas...
*
O show do vídeo não é o de domigo, mas tava bem parecido e o Lô tava tão lindinho quanto...

Beijos

Ana Mineira
(acho que mais do que normalmente...)

segunda-feira, 22 de março de 2010

ANTES E DEPOIS DO CRISTO (AC/DC)




Apesar de ter tido uma educação toda cristã (com direito a batizado, primeira comunhão e crisma, inclusive), acho que já comentei que não sou muito chegada a religiões. Acredito na existência de Deus, mas o meu Deus (podem me chamar de prepotente), e não aquele que pregam por aí, comercializado. Não acredito em instituições religiosas como um todo!!!!

Mas tenho minha espiritualidade muito bem ligada a Ele... e, não importa a sua crença, olhar a imagem do Cristo Redentor é sempre de arrepiar!!! Não tem como não se sentir próxima Dele!!!! E, vamos combinar, Ele merece uma obra tão imensa!!!

Enfim, o Cristo Redentor é lindo e não é à toa que foi eleito uma das nova sete maravilhas do Mundo!

O Cristo Redentor é tão presente em nossas vidas e é um símbolo tão marcante do Rio de Janeiro (e do Brasil) que esquecemos que ele nem sempre esteve lá, já que foi inaugurado em 1931, época em que a Cidade Maravilhosa era a Capital Federal do nosso país.

Recebi por e-mail algumas fotos do Corcovado, antes da inauguração do Cristo Redentor e decidi compartilhá-las com vocês.

Beijos,

Aninha



domingo, 21 de março de 2010

I WANT YOU TO WANT ME



Não lembro se eu ou Ana postamos essa música... lembro de tê-la colocado no Echo, algumas vezes, mas pra POST eu não lembro não... por isso, ela está aí, agora...

Originalmente, a música é do Cheap Trick, mas já foi regravada por vários cantores e bandas, dentre eles, o Bon Jovi... mais recentemente (não tão recente assim), foi tema do filme "As 10 coisas que mais odeio em você", que é bem bonitinho, por sinal!!!! rs

Abaixo, a letra e a tradução!

Por alguma razão qualquer, essa música sempre mexeu comigo!!! Agora, mais do que nunca!!!!

Beijos em todos e bom domingo,

Aninha

I want you to want me. Eu o quero me querendo

I need you to need me. Eu o necissito me necessitando

I'd love you to love me. Eu o amo me amando

I'm beggin' you to beg me. Eu estou implorando para você implorar por mim



I want you to want me. Eu o quero me querendo

I need you to need me. Eu o necissto me necessitando

I'd love you to love me. Eu o amo me amando

I'll shine up the old brown shoes, put on a brand-new shirt. Eu brilharei com meus velhos sapatos marrons, colocarei uma camisa de um tipo novo

I'll get home early from work if you say that you love me. Eu chegarei em casa mais cedo do trabalho, se você disser que me ama


Didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Não, não, eu não vi você chorando?

Oh, didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Oh, não, não , eu não vi você chorando?

Feelin' all alone without a friend, you know you feel likedyin'. Se sentindo sozinho sem nenhum amigo, você conhece a sensação como de morrer..

Oh, didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Oh, não, não , eu não vi você chorando?

 
I want you to want me. Eu o quero me querendo

I need you to need me. Eu o necissto me necessitando

I'd love you to love me. Eu o amo me amando

I'm beggin' you to beg me. Eu estou implorando para você implorar por mim

I'll shine up the old brown shoes, put on a brand-new shirt. Eu brilharei com meus velhos sapatos marrons, colocarei uma camisa de um tipo novo

I'll get home early from work if you say that you love me. Eu chegarei em casa mais cedo do trabalho, se você disser que me ama



Didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Não, não, eu não vi você chorando?

Oh, didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Oh, não, não , eu não vi você chorando?

Feelin' all alone without a friend, you know you feel likedyin'. Se sentindo sozinho sem nenhum amigo, você conhece a sensação como de morrer..

Oh, didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Oh, não, não , eu não vi você chorando?

Feelin' all alone without a friend, you know you feel likedyin'. Se sentindo sozinho sem nenhum amigo, você conhece a sensação como de morrer..

Oh, didn't I, didn't I, didn't I see you cryin'? Oh, não, não , eu não vi você chorando?


I want you to want me. Eu o quero me querendo

I need you to need me. Eu o necissto me necessitando

I'd love you to love me. Eu o amo me amando

I'm beggin' you to beg me. Eu estou implorando para você implorar por mim

I want you to want me. Eu o quero me querendo

I want you to want me. Eu o quero me querendo

I want you to want me. Eu o quero me querendo

I want you to want me Eu o quero me querendo

sábado, 20 de março de 2010

HAJA PACIÊNCIA

Falamos muito na sabedoria infinita de Deus, na Sua bondade infinita e misericórdia infinita... Acho que esquecemos o mais importante: Deus, sem dúvida, deve ter uma paciência infinita também. Às vezes fico imaginando a cara com que Ele deve me olhar, vendo minhas teimosias e insistências infrutíferas, minha cegueira e prepotência... Acho que se não fossem também algumas das Suas outras qualidades, principalmente a bondade e a misericórdia, Ele já tinha apelado. Ia balançar a cabeça numa tristeza também infinita e resmungar: "Criança tola!!! Não aprende nunca!!!" e desistir de mim.

Sabemos o que nos faz bem, o que devemos procurar, mas é o que buscamos??? Nãããããooo... Vamos atrás do sofrido. Embarcamos numa fantasia de onipotência e perseguimos o que nos machuca. E ainda reclamamos!!!!

Quando temos sorte acabamos como naquela piada da azeitona: o sujeito pelejando pra espetar a danada com um palito, enquanto ela escorrega por todo o prato. Chega um espertinho e consegue de primeira e o outro retruca: "Também, agora que eu cansei ela..." É assim. Só quando estamos zonzos de rodar no prato é que permitimos que o bem tome conta... e fazemos o que era óbvio desde o começo: nos deixamos espetar.

A minha esperança é de um dia aprender a ouvir meu coração antes de apanhar tanto... acho que a de Deus também...

Muita sabedoria, pra todos nós!

*Essa esteve num post outro dia mesmo... Fazer o que se ela merece outro?



Beijos

Ana Mineira

sexta-feira, 19 de março de 2010

ROYALTY X FICHA LIMPA



“Minha primeira vontade era de não votar o royalty este ano. Isto foi dito para todos os líderes, porque eu sabia que era um ano político e que, em ano de eleição, todo mundo quer fazer gracinha. Eu sabia disso e alertei todo mundo. Vamos discutir o restante e deixar o royalty para o ano que vem, porque isso vai ser lá para 2016.”

Esta foi a declaração do Presidente Lula, ontem pela manhã, durante mais um de seus passeios, pela Jordânia.

Em que pese o fato de eu ser Paulista, “gracinha” haveria em qualquer momento da votação, pois todos querem dar uma bicadinha na grana.

O que mais me impressionou foi o medo de tomada de decisões em ano eleitoral.

No meu humilde ponto de vista, nosso Lula Molusco não queria a votação neste ano por alguns motivos:

a) o tema é polêmico sim;

b) Lula sempre teve medo de tomar decisões importantes;

c) votar isto na Câmara, hoje, significa que ficará nas mãos dele o poder de veto, antes das eleições de 2010.

E a decisão sobre vetar ou não vetar é decisiva para as eleições de 2010. Imaginem: se ele vetar, Dilma perderá os votos do Nordeste (que garantiram as duas últimas eleições); não vetar significa perder os votos (ainda que sejam poucos) de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Ou seja, o problema não são as “gracinhas”, mas o medo de perder votos!!!

E falando em medo de perder votos, o que dirão do medo de sequer poderem ser votados???

Tanta pressa para votar a divisão de royalities, mas ninguém se preocupa em votar a Lei da Ficha Limpa, que prevê que os políticos que tiverem uma condenação por Órgão Colegiado não poderão se candidatar.

Projeto de Lei Popular, que recebeu mais de um milhão e meio de assinaturas da população brasileira, ainda não foi votado e sequer existe previsão para tanto.

Afinal de contas, pra que se preocupar em votar uma lei que restringirá direitos políticos, se eles podem fazer “gracinha” e garantir alguns votos nas próximas eleições?

Nessas horas, fico com a sensação de que coloco uma máscara de palhaça, todas as manhãs!!!!

E, como cantava Lize Minnelli em “Cabaré”... “Money makes all world go around” (o dinheiro faz o mundo girar).

Brasileiro, conscientize-se!!!!

Beijos,

Aninha

obs.: vcs já votaram para o P.a.U. crescer? Faça sua parte e vote!!!

quinta-feira, 18 de março de 2010

PREMIO AO P.a.U



Pois, é... como a Ana Mineira já escreveu no ECHO...

Para deixar feliz nosso Urso mais amado... vamos ajudá-lo na campanha...

O blog PERGUNTE AO URSO foi selecionado para concorrer a um prêmio de melhor blog em português... e como adoramos o URSO, resolvemos pedir a ajuda de vcs tb!!!!!

Por favor, VOTEM!!!!

Clicando no link acima, vcs acharão o caminho... tem até um video com a voz de travesseiro do URSO... rs...

Beijos

Aninha

WATERMARK



Acho que este post não é nada parecido com os posts que vcs estão acostumados... mas essa sou eu, gosto de variar os assuntos.

Também não gosto de ouvir sempre o mesmo tipo de música.

A música Watermark é da Enya, que eu conheci quando estava no 3o colegial e estudava para o vestibular. Eu sempre gostei de estudar ouvindo música, com fone de ouvido, pq isso me afastava do mundo e, assim, conseguia me concentrar.

E essa música me acompanhou por muitos anos, porque ela me traz uma paz, que não sei explicar.

Quando a ouço, tenho a impressão de saio do meu corpo. Talvez, por isso, as duas vezes que consegui meditar, eu ouvia esta música.

Hoje, sinto que preciso meditar um pouco, por isso, lembrei de ouvi-la!!!!

Ouçam-na!!!!

Desejo que vcs se acham de paz também!!!

Beijos,

Aninha

quarta-feira, 17 de março de 2010

DEMOLIÇÃO

Atire a primeira pedra na Becky quem nunca teve essa fantasia...



Sou obrigada a confessar que durante a universidade esse desejo cresceu muito...
E não era nada tão inocente como demolição profissional...
Meus sonhos envolviam bombas...
Mas, graças a Deus, tudo é passageiro, menos o motorista e o trocador...

Vídeo enviado pela July (só podia ser...)

Beijos

Ana Mineira


terça-feira, 16 de março de 2010

"AO VENCEDOR, AS BATATAS"


Conversava com uma amiga e disse que pretendia fazer um texto sobre o BBB, pois faz tempo que não escrevo sobre o assunto (não se acostumem). E, brincando, na maior cara de pau, falei que me manifestaria a favor do Dourado (já que ela não curte muito o rapaz).

Pensando sobre o assunto, muitas coisas vieram à minha cabeça... virtudes, defeitos...julgamentos e condenações... não só sobre Dourado, mas sobre todos os participantes.

Neste momento do jogo fica muito fácil analisar caráter e características de cada um.

Gosto da maior parte das coisas que o Marcelo Arantes escreve no twitter. É a visão do ex-BBB misturada aos conhecimentos técnicos de psiquiatra.

Até me divirto assistindo o programa de vez em quando, mas nada me motiva a votar ou fazer campanha em prol de fulano ou sicrano. Então, vim escrever por que? Simplesmente deu vontade!!!!

Alguém escreveu, um dia desses, que os melhores participantes já saíram da casa. E eu concordo. Gostava da Lena e, conforme leio o blog dela e o twitter, vejo que ela é exatamente a pessoa sensata, madura e agradável que eu imaginava.

O que vejo, hoje, no programa, é: um judeu totalmente deslocado, uma drag Queen vazia por dentro, uma ex policial que só pensa em sexo (e que voz é aquela, hein???), um gay assumido e narcisista e curiosamente indeciso, uma dançarina sem princípios, uma dentista perdida, um professor de educação física ingênuo e um ex-BBB observador e estourado.

Não tenho um preferido... mas têm dois que não suporto sequer ouvir a voz... a dançarina sem princípios e a “Dlag” vazia.

Dicesar entrou vencedor. Eu tinha certeza que o programa era feito para ele!!! A vitória das minorias. Mas errei, pois ele se apagou no programa, perdeu a peruca e o glamour. Quantas e quantas vezes ele falou X na frente de uma pessoa e, pelas costas, disse Y? Ele se contradiz a cada dia! Demonstra total instabilidade emocional e racional. Se não agüenta, por que veio??? Talvez, ele tenha precisado se esvaziar, para agüentar os trancos da vida, mas ninguém passa pela vida sem sofrer, né? E, bem ou mal, somos nós quem escolhemos nossos sofrimentos, de acordo com o caminho que optamos seguir,

E Lia... ah, Lia!!!!! Quem diz que Lia não tem caráter está falando uma grande besteira. Ela tem sim... pena que seja um mau caráter...sinceramente, não sei o que essa moça ainda faz na casa. Tenho nojo dela!!!!! (podem me chamar de dançarinofóbica)

Fernanda e Serginho são dois fantoches nas mãos do BigBoss... imaturos (um pela idade, outra pela carência), estão se deixando manipular pela produção do programa.

Michel e Maroca são as famosas samambaias... só enfeitam e ocupam espaço (e no caso de Maroca, infernizam o ouvido dos telespectadores)...

Restam Kadu e Dourado. Duas pessoas que se parecem muito na alma. A diferença entre eles é que Kadu foi querido desde que entrou e Dourado teve que batalhar muito para ganhar o respeito dos seus colegas.

Não nego que Dourado esteja em vantagem. Assim como no jogo de Santos e Palmeiras, no domingo, o mais experiente acabou vencendo, pois carisma e criatividade não são tudo na vida. É necessário saber a hora de se impor... e Kadu, infelizmente não sabe, deixando-se usar por Lia...

Dourado é estourado? É, mas como diria, meu querido amigo Urso, quem nunca teve vontade de “brincar” de "Um dia de Fúria"???? Eu já, por isso, não consigo condená-lo. Já falei o que não devia algumas vezes, em momentos de raiva e fui perdoada, só tenho a agradecer àqueles que me compreenderam.

No fim, a grande verdade é que o prêmio de um milhão e meio de reais é praticamente nada, se comparado ao tanto de patrocínio que já entrou nos cofres da Rede Globo. E, quem leva o troféu pra casa é Boninho.

"Ao vencedor, as batatas!" (Machado de Assis, no livro Quincas Borba)

segunda-feira, 15 de março de 2010

BOLO, BRIGADEIRO E CERVEJA!!!


Hoje é dia de homenagear uma grande mulher, por isso, o post será meu e da Ana Mineira. E ela é tão importante, que temos até participação especial... a homenageada merece todo o carinho do mundo!!!!!

“Martinha,

Eu não sei fazer aqueles posts bonitos, com imagens cheias de firulas...

Mas o que sei, é fazer uma colega virar uma grande amiga!!!!

E você também sabe!!! Por isso, não consigo mais imaginar minha vida sem você, amiga querida! Te trazer do plano virtual para o real foi um dos melhores presentes que recebi até hoje!!!

Eu poderia escrever páginas e páginas sobre suas virtudes, mas de que adiantaria escrever, se nada será suficiente para expressar o carinho, a admiração e o respeito que tenho por você???

Por isso, vou te poupar de manifestações piegas... você me entende!!! ;)

Hoje é o seu dia e desejo que seja repleto de amor... o dobro do amor que você está habituada a distribuir aos seus amigos!!!

Te Amo muito, amiga!!!

Um milhão de beijos,

Aninha”


"Quando começo a conhecer uma pessoa tenho costume de observá-la e ver como ela se relaciona com os outros. Fico reparando o que a afasta ou aproxima dessa ou daquela criatura. Com a Martinha não fiz diferente, mas não foi muito fácil. Muito mineirinha... reservada, discreta, desconfiada... Então comecei a prestar atenção ao que as outras pessoas tinham a dizer dela. E era sempre alguma coisa sobre doçura, sobre maternidade.


Mas na Martinha é tão sutil e tão delicada, como são todas as qualidades dela, que a gente se vê envolvida numa sensação morna e gostosa que nem sabe dizer de onde vem... O mais incrível é ver a garra que essa mansidão esconde. Luta com todas as forças sem alterar o tom. Vai além de todos os limites sem perder a serenidade. Vai até o fim das forças sem abrir mão da suavidade.

É uma mulher admirável. Sou fã incondicional de nossa Scarlett Moon de Chevalier. Nosso Lulu Santos é um homem de muita sorte...

Beijos,

Ana Mineira"

"Pra Martinha, a pessoa mais paciente que eu conheço, eu desejo o melhor aniversário do mundo! Pq se tem uma pessoa que merece coisas boas, essa pessoa é a Martinha, uma amiga que conheci na net e que aprendi a gostar, respeitar e me aconselhar. Dela só recebi até hoje coisas boas, muito boas. E com ela tenho aprendido a exercitar a minha tolerância (embora muitas vezes seja muuuuito difícil).

Mas me espelho nela para, pelo menos, tentar.

Beijos e muitos beijos nesta data querida!!!!!

.Cris."


domingo, 14 de março de 2010

O MEDO DE AMAR É O MEDO DE SER LIVRE



O medo de amar é o medo de ser

Livre para o que der e vier

Livre para sempre estar

Onde o justo estiver

O medo de amar é o medo de ter

De a todo momento escolher

Com acerto e precisão a melhor direção

O sol levantou mais cedo e quis

Em nossa casa fechada entrar pra ficar

O medo de amar é não arriscar

Esperando que façam por nós

O que é nosso dever: recusar o poder

O sol levantou mais cedo e secou

O medo dos olhos

De quem foi ver tanta luz

Beto Guedes e Fernando Brant



Beijos


Ana Mineira

sábado, 13 de março de 2010

Sabadão



" Quem conhece o outro é sábio; quem conhece a si mesmo é iluminado.
Quem vence o outro é forte. Quem vence a si mesmo é invencível."
(Lao Tsé)

Beijos e bom sábado,

Aninha

sexta-feira, 12 de março de 2010

ANIVERSÁRIO DE ANJO

anjo com 24 horas de vida


12 de março, 9 anos atrás

Era segunda-feira de manhã e eu já não tinha a menor noção das horas... Cheia de monitores cardíacos, um no dedo, outro na barriga. Minha médica ainda não tinha chegado. Ela mesma havia dado à luz a primeira filha no dia 12 de fevereiro, ou seja, apenas 28 dias antes, mas ia chegar, fazia questão... Deixou o irmão, também médico, lá cuidando de mim e estava tudo na santa paz, até que um daqueles seres irreconhecíveis totalmente vestido dos pés à cabeça sussurou pra ele "Tá de bradi."


Não era pra eu entender. Era daquelas situações em que eles usam uma palavra técnica achando que estão conversando no dialeto de Kripton.
Mal sabiam eles... Eu assistia ER (Plantão Médico na Globo) desde o primeiro do primeiro episódio e poucas semanas antes as gêmeas do George Clooney tinham passado pela mesma coisa e foi um Deus-nos-acuda. Sabia que bradi é bradicardia, o batimento do coração mais devagar que o normal. Nesse caso, se ficar muito lento e por um período prolongado indica sofrimento fetal. Apesar de toda a minha predileção pelo parto normal, tive uma vontade louca de gritar: "Cesárea!!! Agora!!!", mas a voz não saiu...

Nesse instante entrou minha querida mediquinha, segurou minha mão e perguntou: "Tudo bem, Aninha?" Nada de voz, então balancei a cabeça. Um dos outros seres chegou junto dela e disse disfarçadamente
"Tá de bradi". Ela também com voz casual perguntou "Chamou o fulano?" (que eu sabia que era o chefe da pediatria da maternidade). Já, já tinham chamado... Nunca me interessou saber a quantas andou o meu monitor naquele dia, mas me lembro claramente da sensação de ter um rolo compressor em cima do peito, que passava pra frente e pra trás, cada vez que falavam aquilo.

Logo em seguida entra o fulano e mais uma vez alguém diz:
"Tá de bradi" Pra meu desespero ele responde: "É, beltrano me falou..." Pensei: "Como assim, falou?? Então é grave??", mas só consegui tremer. Naquelas alturas eles já tinham delicadamente empurrado o pai e sua câmera pra bem longe e só falavam entre si, muito pouco, de maneira muito tensa. Pedi a Deus pelo meu filho e toda aquela situação virou uma nuvem. De algum lugar minha mediquinha (que era a única que sabia que eu estava entendendo tudo) falou: "Aninha, vou passar um fórcepsinho, tá? Mas é de alivio, bem de levinho..."

Pra quem não fez especialização em obstetrícia pela TV a cabo, fórceps é um instrumento que parece uma garra com ponta de colher. Serve para puxar o bebê, pela cabeça, de dentro do corpo da mãe caso haja necessidade. Por causa do alto risco de danos, hoje em dia, quase não é usado. Só a tal de alívio, que é apenas pra dar uma forcinha mesmo
e, ainda assim tem que ser com o máximo cuidado. Mas a maioria dos médicos brasileiros, atualmente, opta pela cirurgia. Somos os campeões em número de cesariana no mundo (Ehhhh, que maravilha!!). Eu, pessoalmente, nasci de fórceps (e consegui pensar nisso na hora!!!). Só olhei nos olhos dela por cima da máscara... Ela me conhecia muito, sempre zelou por mim, com certeza faria o melhor por nós dois... Então, ainda sem conseguir falar, acenei com a cabeça. Lágrimas escorriam enquanto eu pensava na criaturinha cianótica (roxinha por falta de oxigênio... sim, eu falo mediquês mesmo) e silenciosa que estava por aparecer...

Segundos depois ele chorou forte. Olhei e não estava roxo, era vermelhinho. Meu coração deu um salto! Saí do transe. Olhei para o relógio na parede: 12:25. Senti imediatamente todo o alívio da equipe... O tal do irmão também médico, que estava eufórico, vendo o estado de choque do pai, pegou a filmadora que tinha ficado abandonada em algum lugar,
começou a gravar, e mandou o coitado acordar e tirar foto. O pediatra pegou o bichinho e deu uma revirada nele com a expressão serena. Minha voz voltou pra fazer a única pergunta que importava: "Ele tá bem?" e a resposta: "Ele tá ótimo!" E estava mesmo! Lindo como um bibelô!

Foi assim o dia mais feliz da minha vida.





Beijos

Ana Mineira

quinta-feira, 11 de março de 2010

O DOM (E O BOM) DE SORRIR


Ontem de manhã, acordei e fiz meu ritual sagrado. Quando voltei do banho, já sem meu mau humor matinal habitual, descobri que tinham duas mensagens do meu ex namorado no celular...

Em suma, ele dizia que é bom demais conversar comigo no MSN (tem louco pra tudo nesse mundo, eu sei...) e a outra era pra dizer que ele adora ficar olhando para minha foto, porque fica absorto no meu sorriso e que fica com saudade da minha risada...

Não, não to aqui pra ficar discutindo os motivos de eu não voltar a namorar, já que ele é meu amigo e ponto final!!!!

Falei disso, porque essa história me remeteu ao meu chefe, que sempre disse que eu tenho uma “risada cafajeste”... na verdade, ele se refere a minha gargalhada, que é MEGA espalhafatosa... rs...

Aí, fiquei pensando...a primeira coisa que me veio à mente foi: a mesma situação gera duas interpretações distintas... é a liberdade de pensamento, que deve ser respeitada!!!! Que lindo, né?

Isto me levou a outro pensamento: não confio em pessoas que não têm um riso largo e uma gargalhada vibrante!!!!!

Pesado, né? Mas é a mais pura verdade (ou a minha verdade)!!!! Eu parto de duas premissas:

1) a não ser antes dos 3 meses de idade, ninguém dá risada ou gargalha a troco de nada...

2) ninguém ri ou gargalha em momento de tristeza... o riso e a gargalhada estão sempre relacionados a momentos de alegria e felicidade

Por isso, para mim, conter o riso e a gargalhada significa conter a alegria e a felicidade... e eu não consigo confiar em pessoas que não querem curtir a felicidade ao extremo!!!!

Sei que corro o risco de ser taxada de radical. Sei também, que vocês dirão “e os tímidos?” E eu já respondo. Ninguém é tímido 24 horas por dia, 365 dias no ano. Até os tímidos possuem momento de extravazar a felicidade e tenho certeza que a pessoa mais tímida do mundo já gargalhou alto ou riu sem timidez.

Se os Titãs podem dizer que não confiam em ninguém com 32 dentes... por que eu tenho que confiar em pessoas que não têm um riso largo e uma gargalhada vibrante????

Assim, termino aconselhando... deixem o riso correr solto pelos seus lábios... deixem explodir aquela gargalhada gostosa e, por fim, deixem a felicidade tomar conta de vcs!!!!

Beijos,

Aninha

Obs.: a música abaixo me faz sorrir... ;)




quarta-feira, 10 de março de 2010

PAI HERÓI




Baba,

Queria muito te escrever coisas bonitas… mas em alguns momentos, parece que eu travo. Desde o vestibular, lembra?

Se você estivesse aqui, entre nós, pobres mortais, estaríamos comemorando e comendo “camarões com catupiry”. E, provavelmente, mamãe iria arrumar uma desculpa para estar ao seu lado... rs

Confesso que fui privilegiada por ter pais tão amigos, apesar de serem separados!!!

Fui abençoada por tê-lo na minha vida. E poder dizer que eu sou um pouco de você, é mais do que um privilégio... faz com que eu me sinta superpoderosa, acredite!!!

E é tão bom lembrar de tudo o que vivemos juntos...

Nós dois assistindo os jogos do Santos, na Vila Belmiro, no setor de imprensa... e eu, sendo mimada, por ser sua filha e por ser criança...

Você me levando ao show do Fábio Junior... e me levantando para vê-lo, quando ele cantava a música que representa todo o sentimento que guardo no peito neste momento.... PAI...

Nós brincando em casa... muito pouco, eu sei... o Jornal te consumia... mas era sua profissão e você estava se desdobrando para nos garantir uma boa condição de vida... e esses poucos momentos eram tão intensos... tão cheios de amor e carinho!!!

Você me amamentou... é... isso mesmo... porque era você quem levantava da cama quando eu chorava de fome durante as madrugadas... me levava até a mamãe, me colocava pra arrotar, e me ninava de novo... sem que a mamãe sequer acordasse...

Lembro do frio na barriga que eu sentia, quando você me jogava pro alto!!!! Mas eu sabia que estava segura, pois jamais me deixaria cair...

Meu pai, que virou meu amigo virtual, quando descobriu a internet... Meu pai, com quem eu conversava sobre tudo... sem medo, sem vergonha... tenho você até hoje no MSN... pena que seu nick não fique mais verdinho...

São tantos momentos bons, que não consigo mais ficar triste!!!!!!

Você que foi e sempre será o homem que mais amei na vida!!!! Obrigada!!!! Feliz Aniversário!!!

Beijos,

Fi
 

terça-feira, 9 de março de 2010

QUESTÃO DE PONTUAÇÃO

Arrume caneta e papel rápido, estou prestes a dizer alguma coisa inteligente antes de morrer!

"Um homem rico estava muito mal de saúde. Pediu caneta e papel e escreveu assim:
'Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres'.

Morreu antes de fazer a pontuação.

Afinal, a quem ele deixou a fortuna? Eram quatro concorrentes: a irmã, o sobrinho, o alfaiate e os pobres. O escrito chegou às mãos deles e cada um fez a pontuação que lhe conveio:

O sobrinho fez a seguinte pontuação: 'Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres'.

A irmã chegou em seguida. Pontuou assim: 'Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres'.

O alfaiate pediu cópia do original. Puxou a brasa para a sua sardinha: 'Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres'.

Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta leitura: 'Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres'.

Assim é a vida. Nós é que colocamos os pontos."

Não sei de quem é...
Só sei que era do meu livro de Português, em 1925...
Será que só eu estudei nesse livro???
Manifestem-se!!!



Beijos

Ana Mineira

segunda-feira, 8 de março de 2010

A DOR E A DELÍCIA DE SER MULHER

Jeunes femmes au bain - Henri Pierre Picou -1879

Nunca tive dúvida de que ser mulher é um privilégio.
Também sei que muitas vezes passa bem perto de uma maldição.
Mas não trocaria essa condição por nada. Ser "complicada e perfeitinha" é um dos meus grandes baratos.


Não invejo a força física, nem o senso de direção, ou a pontaria, a objetividade e nem mesmo fazer xixi em pé.
O sentimentalismo, o choro, a intuição, a picuinha, a sabedoria, a empatia colorem a existência feminina de uma maneira ímpar. A sensação de ter na mão as emoções e o poder sobre a vida preenche tudo.

A forma feminina, a voz feminina, o movimento feminino...
Peitos, quadris, pernas... tudo isso fascina o ser humano com uma intensidade que nem parece que o nosso macho, como a maioria dos outros na Natureza, é que foi feito pra se destacar esteticamente. A fragilidade humana se materializou na aparência da mulher e ficou bela...

Ao mesmo tempo tem a força... Ah, a força feminina. A força pra suportar a dor, pra convencer fingindo ser convencida, pra decidir fingindo acatar decições, a força pra dar força...

É tão complicado e tão simples ser mulher... Tão fragilizante e tão fortificante... Tão
humilhante e tão digno...

Por tudo
isso e mais um tanto é melhor não provocar...



Cor de Rosa Choque
Rita Lee

Nas duas faces de Eva
A bela e a fera
Um certo sorriso de quem nada quer

Sexo frágil
Não foge à luta
E nem só de cama vive a mulher

Por isso não provoque
É cor de rosa choque

Mulher é bicho esquisito
Todo o mês sangra
Um sexto sentido maior que a razão

Gata borralheira
Você é princesa
Dondoca é uma espécie em extinção

Por isso não provoque
É cor de rosa choque


Beijos

Ana Mineira.